Para resolver conflitos, nada melhor do que uma boa conversa

Para resolver conflitos, nada melhor do que uma boa conversa

No atendimento ao consumidor, toda empresa sabe que crises começam, principalmente, pela falta ou falha de comunicação. A situação é idêntica na gestão de um condomínio. O desconhecimento das regras pode gerar constrangimentos facilmente evitados quando síndicos, empregados e condôminos mantêm um canal aberto para a conversa.

 

Mediação

Conversando, evitam-se encargos jurídicos e a demora dos trâmites legais. A melhor solução é a mediação: um mediador (que pode ser a assembleia ou o síndico) ouvirá as partes envolvidas e buscará a construção de alternativas que contemplem interesses mútuos. Ela tem valor legal quando as partes chegam a um acordo. As principais vantagens são o custo zero e a agilidade na resolução do problema.

 

Juizado especial

Se, ainda assim, o problema persistir, ações judiciais no tribunal de pequenas causas ou juizado especial são alternativas pouco onerosas e de rápida resolução. O foco é buscar a conciliação entre os envolvidos com aporte do judiciário e a petição não requer advogado para indenizações inferiores a 20 salários. Para ingressar com a ação, basta reunir as provas e relatar o caso no Fórum que atende a região do domicílio.

Uma resposta negativa às soluções anteriores pode encaminhar o caso para uma ação judicial cível ou criminal. Entretanto, buscar uma solução harmônica é certamente a melhor escolha. Para contar com um auxílio especializado em casos assim, o síndico profissional da Crédito Real traz todo o suporte jurídico da empresa, além de diversas experiências em casos semelhantes que podem auxiliar na resolução do conflito.

 

Compartilhe

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*